Posted in:

Marketing de Conteúdo: como essa estratégia pode te ajudar a vender mais

Aprenda na prática como a criação de conteúdo pode virar receita para a sua empresa!

marketing de conteudo, o guia
Rate this post

Você saiba que o marketing de conteúdo é um aliado poderoso para alavancar as suas vendas?

O marketing de conteúdo possui uma série de técnicas para ajudar no crescimento do seu negócio. Afinal de contas, todas as pessoas e empresas estão na internet.

A cada dia, o meio digital desenvolve novas maneiras de aumentar a renda. Há inúmeras oportunidade de alcançar o seu lugar ao sol.


OUTBOUND MARKETING – Entenda na prática como aumentar seus lucros com técnicas infalíveis!

CUSTOMER SUCESS – Descubra aqui como garantir a satisfação 100% dos seus clientes!


Se você ainda não sabe o que é o marketing de conteúdo ou como ele pode te ajudar, fique tranquilo!

No post de hoje, você vai aprender sobre:

  • O que é o marketing de conteúdo e para que ele serve?
  • Como funcionam as estratégias e os objetivos do marketing de conteúdo?
  • Como montar uma estratégia de marketing de conteúdo para a sua empresa e evitar os erros mais comuns nessa área.

Então, se você quiser aumentar a renda do seu negócio com muita inovação, conteúdo e aproximação do público, continue lendo que você vai conhecer as fórmulas certas!

Se tiver qualquer dúvida, deixe um comentário no final da página.

Boa leitura!

Introdução: Marketing de Conteúdo e Vendas

Desde os anos 2000, a internet tem crescido cada vez mais. Dificilmente, você encontra pessoas que não a conhecem ou que não têm acesso à ela.

Hoje, todo mundo faz parte de uma comunicação contínua e de uma troca constante de informações interminável. É exatamente isso que torna a internet incrível, não é?

Porém, o que uma empresa ganha ao se posicionar na internet? Podemos ir até mais a fundo: o que uma empresa ganha ao gerar informações para os seus clientes sobre os seus produtos por meio da internet?

Lucros! Sim, ela lucrará mais e mais a cada cliente informado, a cada produto mais bem detalhado, a cada informação melhor passada.

Sabe como sabemos disso? Por causa do marketing de conteúdo.

Chegamos na era da informação e você, como vendedor, precisa entender o que o seu cliente quer, antes mesmo dele entrar na loja para comprar o seu produto.

Ele não quer apenas preço, mas sim informações sobre o que você vende. E é desse tipo de marketing, que visa apenas gerar conteúdos para o consumidor que vamos falar hoje.

Aqui, você vai aprender como transformar informações e conteúdo em atratividade e lucro.

Afinal, o que é Marketing de Conteúdo?

marketing de conteudo, o que e
Aprenda na prática o que o marketing de conteúdo pode fazer pela sua empresa

De tempos em tempos, aparece algum tipo de marketing que promete ser a última onda para fazer o seu cliente comprar mais.

Marketing de relacionamento, direto, de guerrilha. Cada vez mais, a inovação nos impulsiona na criação de novas estratégias. E, veja bem, todas elas geram resultado, afinal o marketing e as vendas caminham juntos, lado a lado.

Mas o marketing de conteúdo mudou tudo. Não pense que se trata apenas de um hype de marketing.

Basicamente, a sua definição é uma estratégia focada não em vender, mas em gerar conteúdos para os seus clientes.

O marketing de conteúdo foca em aspectos, como engajamento com o público, no aumento da rede de clientes em potencial e no relacionamento com clientes antigos.

Tudo isso, através da geração de conteúdo relevante, inteligente e interessante sobre a sua marca e os seus produtos.

Qual é o objetivo final do marketing de conteúdo? Geração de vendas, óbvio. Porém, a forma de como essa estratégia é pensada para gerar vendas que é o real pulo do gato.

Responda rápido: você prefere uma loja que te fale sobre:

  • Preços?
  • Tamanhos?
  • Estoques de produtos?

Ou uma loja que informasse:

  • Por que o produto que eles vendem é o melhor para você?
  • Quais necessidades ele resolve na sua vida?
  • Quais são as funcionalidades-chave dele?

Acredito que a segunda opção, não é mesmo? E é isso que o marketing de conteúdo se propõe a fazer: informar para converter intenções em negócios fechados.

Para que serve o Marketing de Conteúdo?

Mesmo que o objetivo final seja a venda, o marketing de conteúdo pode ser usado para outras finalidades. Todas elas devem ser positivas à sua empresa.

Vejamos rapidamente as 3 principais metas do marketing de conteúdo:

#1 – Você poderá interagir mais com os seus clientes

Quando você gera conteúdo para os seus clientes, é como se fosse uma conversa, só que digital. Você fala, eles ouvem e depois engajam com você.

Isso é perfeito para o desenvolvimento de um relacionamento de longo prazo com os seus consumidores.

Se você se posiciona de uma forma, vende um produto e tem uma base de clientes que continua a interagir com você, respondendo perguntas, sugerindo temas, então você tem oportunidades de vendas a serem trabalhadas.

Em suma, você tem um público. Mesmo que eles não comprem nada de você agora, no futuro, provavelmente, irão comprar. Afinal, eles compactuam e interagem constantemente com a sua marca. Eles conhecem você.

Se você souber aproveitar essas oportunidades, já é uma grande vantagem para a sua empresa.

#2 – Você aumenta a confiança na sua marca e ganha disseminadores

Sabe quando você come em uma restaurante muito bom e resolve indicá-lo para os seus amigos? É exatamente assim que funciona com a internet.

A diferença é que você pode fazer isso com qualquer produto e serviço, indicando para centenas de milhões de pessoas ao mesmo tempo.

Aproveitar esse tipo de comportamento pode ser uma vantagem para as marcas que fazem marketing de conteúdo.

Um exemplo disso seria, suponha que o seu possível cliente comece a seguir a sua marca no Facebook. Considere também que a sua empresa gera conteúdos relevantes, informativos e inteligentes através das redes sociais.

Depois de muito ler os seus posts, curti-los e compartilhá-los, o seu possível cliente resolve começar a indicar a sua página para outras pessoas. Afinal de contas, ele já te considera um especialista no assunto.

Esse tipo de ação gera crescimento orgânico, isto é, sem a necessidade um investimento robusto em anúncios patrocinados, que por sua vez, traz oportunidades futuras de vendas.

Virar um especialista no seu produto não é difícil, muito menos criar conteúdo interessante sobre ele para o seu público-alvo, mas os ganhos são imensos!

#3 – O seu pós-venda ficará mais firme

marketing de conteudo, pos-venda

O seu pós-venda ficará bem mais forte se você utilizá-lo junto do marketing de conteúdo

Gerar uma boa experiência para o seu cliente não é um luxo da sua marca, mas sim uma obrigação. Ela pode continuar mesmo após a compra do produto.

Você só precisa utilizar as técnicas certas do marketing de conteúdo alinhado com o pós-venda, ou seja, gerar conexões e fluxos de informações, via:

  • SAC;
  • Central de relacionamento;
  • Manual de uso;
  • Treinamentos onlines.

A ideia é gerar informações relevantes e que ajudem o seu cliente na utilização do seu produto.

Não pense que o marketing de conteúdo funciona apenas na hora de vender, ele funciona em todas as etapas do processo de vendas.

Como funciona uma uma estratégia de marketing conteúdo? 

Ok, agora que você já sabe bastante sobre o marketing de conteúdo, é hora de ver, na prática, como uma estratégia dessas funciona.

Vamos te ensinar a montar uma estratégia construída em cima de 4 pilares:

  • Planejamento
  • Criação de conteúdo
  • Divulgação de conteúdo
  • Análise

Em cada etapa, vamos mostrar um exemplo sobre qual canal utilizar e quais resultados são esperados. 

Vamos lá!

#1 – Planejamento de Personas

Antes de começar a pensar em conteúdo, você precisa se planejar. Quando falamos nisso, não se trata apenas de pensar em quais conteúdos serão os mais interessantes.

Será necessário um planejamento mais robusto e profundo. Ele deve iniciar com o seu cliente. A pergunta principal é: você sabe quem é o seu cliente?

Bem, para realizar uma boa estratégia de marketing de conteúdo, você necessita traçar personas. Isso só será possível, se você souber muito bem quem são os consumidores dos seus produtos/serviços.

Vamos abrir um ponto importante sobre as personas:

O que são as personas?

Se você trabalha com vendas, sabe que todas as informações que puderem ser adquiridas sobre o cliente valerão ouro no momento da venda.

Quando você une, estrategicamente, todas as características do seu público-alvo em um personagem fictício que humaniza e torna os seus dados e pesquisas em um ser humano com necessidades e dores, você criou uma persona.

Para ficar mais claro: a persona nada mais é do que a representação de tudo o que seu cliente é (sexo, idade, região, preferências) dentro de uma personagem.

Agora, vamos, de fato, ao planejamento:

#1 – Planejamento de Produto/Serviço

O segundo ponto a ser levantado é sobre os seus produtos e serviços. Para isso, realize uma análise SWOT e entenda todos os pontos fortes e fracos deles. Conheça quais são as funcionalidades que o tornam positivamente diferente dos demais.

Agora que vem a mágica: você precisa unir as dores das suas personas com as funções do seu produto.

Por exemplo: a persona JULIA tem muita sede (DOR) e você vende limonada. Ela é gelada, feita com limões frescos e com baixo custo (FUNCIONALIDADES).

Então, pode servir para a Júlia, isto é, resolver a sede dela. Viu só como a conta fecha?  DOR + FUNCIONALIDADE = VENDA.

Esses passos são super importantes e representam um pilar na estratégia de marketing de conteúdo.

Tenha em mente que você só poderá gerar conteúdos interessantes e relevantes para o cliente quando entender quais são as suas necessidades e como aquela informação pode ajudar na resolução delas.

#2 – Criação de Conteúdo

Essa parece ser a parte mais fácil da estratégia, mas não se engane! Você precisa ficar esperto e criar conteúdos que realmente sejam interessantes e inteligentes para os seus consumidores.

A ideia aqui é que você trace quais tipos de assuntos você quer utilizar. Assim, você pode desenvolver:

  • Blogposts
  • Fluxos de E-mail marketing
  • Whitepapers e/ou E-books
  • Seminários Online

O céu é o limite! Só se atente em sempre criar algo que faça sentido para a sua persona. Caso contrário, você vai jogar tempo e dinheiro fora.

Divulgação de Conteúdo

marketing de conteudo, conteudo
Chame a atenção do seu cliente com algo que entregue valor!

Com o seu conteúdo já criado, é hora de você decidir quais canais de distribuição vão ser utilizados. Neste caso, você pode optar pelas redes sociais, seu site ou e-mail marketing.

Vamos analisar, rapidamente, os pontos positivos de cada um deles:

Redes Sociais

A criação de conteúdos pelas redes sociais é uma das formas mais utilizadas pelas empresas. O Facebook, Instagram, Linkedin, Snapchat e outras redes entregam relatórios precisos que deixam claro se o público-alvo está sendo atingido da forma correta ou não. Além disso, esse tipo de estratégia é gratuito.

A desvantagem vem na falta de controle que se tem sobre esse conteúdo e das possibilidades de venda.

Por melhor e mais fácil que seja a divulgação nas redes sociais, ela não garante uma conversão completa do lead.

E-mail marketing

Muita gente diz que o e-mail marketing morreu. Isso não é verdade.

Acreditamos que quando feita corretamente, uma estratégia de e-mail marketing alinhada ao marketing de conteúdo pode gerar muitos frutos para a empresa.

A personalização do conteúdo, o foco com o cliente e possibilidades de mensuração de resultado são só alguns dos motivos pelos quais o e-mail marketing pode ser utilizado.

A desvantagem desse canal aparece quando a estratégia de e-mail marketing vira puramente SPAM. Esse tipo de ação tende a comprometer o canal e, até mesmo, o posicionamento da sua marca.

Blogs e Sites

Estes talvez sejam os mais utilizados em estratégias de marketing de conteúdo.

Fatores como o SEO e a possibilidade de maior controle de informações, fazem com que a criação de sites se torne uma das técnicas favoritas na hora de divulgar conteúdo.

A desvantagem que vemos nesse tipo de estratégia de marketing de conteúdo é a longa duração até que os resultados apareçam.

Para ranquear bem no Google, e começar a receber acessos dos seus usuários pode demorar um certo tempo. Isso deve ser um motivador para que você tente outras formas para impulsionar os resultados.

Análise

Depois de planejar, criar e divulgar o seu conteúdo, é hora de analisar se o que você criou deu certo. Você pode utilizar diversas formas, conforme o meio de divulgação escolhido.

Por exemplo: se você divulga, primordialmente, no seu site, talvez o Google Analytics ajude na avaliação de quais conteúdos tiveram maior impacto e os que não geraram o retorno esperado.

Ao optar pelas redes sociais, a grande maioria tem dashboards para que você acompanhe passo a passo o engajamento e movimentação do público.

Se você escolher o e-mail marketing, fica mais fácil ainda. A grande maioria das ferramentas têm extensos relatórios com dados precisos sobre as suas campanhas.

Bem, independentemente do canal que você escolha, a análise é importante e não pode ser deixada de lado. Sempre avalie a eficácia do conteúdo que você gerou e não tenha medo de mudá-lo ou melhorá-lo.

Conclusão: Pronto para começar o marketing de conteúdo na sua empresa?

marketing de conteudo, conclusao
Siga as nossas dicas e conte com a internet para alcançar o sucesso nas suas vendas!

Ao finalizar esses aprendizados, você deve estar ansioso para iniciar a sua estratégia de marketing de conteúdo, não é mesmo?

Você pode utilizá-la aos poucos, por exemplo, comece por um canal de divulgação ou apenas uma persona. De acordo com o amadurecimento das ideias e dos resultados das ações, intensifique as atividades.


EXECUTIVO DE VENDAS – O guia definitivo para entender como se tornar um executivo de sucesso!

INTELIGÊNCIA DE MERCADO – Aprenda a pensar estrategicamente para potencializar os seus resultados!


Antes de começar faça um levantamento das informações úteis, conheça o seu cliente e o seu produto/serviço. Lembre-se de que o objetivo é gerar conteúdo relevante que, no final do processo, se transformará em negócios fechados.

Para obter resultados ainda melhores, utilize o marketing de conteúdo com as técnicas de vendas e outros tipos de marketing. Aqui no nosso blog, você encontra artigos excelente sobre esses assuntos. Ative as nossas notificações e não perca nenhuma publicação!

Esse artigo foi útil para você? Então, deixe um comentário com sugestões.

Obrigado por ler até aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *