Posted in:

Email marketing – Aprenda como montar emails que vendam mais!

Utilize essa ferramenta com precisão e converta fortemente os seus clientes .

email marketing, o guia completo
Rate this post

Você sabia que é possível aumentar os seus lucros com e-mail marketing?

Email marketing.

Com certeza você recebe um todas as manhãs.

Supondo que tenha acabado de pipocar um na sua caixa de entrada.

São 10 horas da manhã, e apesar de muitas coisas para fazer, você o abre receosamente.

Imagens grandes com muitos, muitos links aparecem na sua tela de uma forma invasiva.

Uma mensagem clara estampa cada frase do e-mail: compre, compre, compre, compre.

Letras garrafais, imagens e links demais.

Tudo aquilo é muito bruto.

Você fecha o e-mail.

“O email marketing morreu, né?”

Não.

Não morreu.


LEIA NOSSAS DICAS AQUI, se levante e se automotive. O seu dia só ficará melhor a partir de agora!

QUER SE TORNAR UM EMPREENDOR DE SUCESSO? Aprenda aqui como vender QUALQUER COISA!


Essa situação pode parecer comum para você, vendedor, mas posso te assegurar que o exemplo dado não é um email marketing feito corretamente.

Mas, para mudar todo esse mindset e te ensinarmos as formas verdadeiras de se montar um email ma-ta-dor, fizemos um guia.

Mas não pense que é um guia qualquer, é O GUIA COMPLETO DE E-MAIL MARKETING PARA VOCÊ VENDER MAIS.

Nesse guia falaremos sobre:

  1. o que é, quais são os tipos e como começar a utilizar o e-mail marketing na sua estratégia de vendas;
  2. como e por que essa ferramenta de comunicação foi utilizada erradamente por muito tempo, e confundida com SPAM;
  3. como e por que utilizá-la de uma forma correta pode te ajudar no aumento das suas vendas;
  4. como montar uma estratégia de vendas que utilize o e-mail marketing como ferramenta potencializadora e aceleradora de resultados;
  5. as melhores práticas para escrever e-mails incríveis.

O post de hoje será completíssimo, e você poderá tirar todas as suas dúvidas conosco!

Utilizaremos todo o nosso conhecimento para entregar insights e dicas explicando tudo que sabemos sobre e-mails e vendas.

  • Não sabe nem o que é ou como funciona um e-mail marketing? Continue lendo!
  • Já quebrou a cabeça utilizando diversas ferramentas de e-mail marketing e não teve resultado? Continue lendo!
  • Não sabe escrever e-mails do ZERO e quer aprender como fazer isso? Continue lendo!

Todas as dúvidas serão sanadas nesse guia completo.

Você, vendedor, terminará o texto hoje sabendo como enviar emails marketing matadores e que gerem conversão de vendas!

Se tiver qualquer dúvida ou sugestão, deixe abaixo nos comentários.

Boa leitura!

Introdução: O Email Marketing não morreu

reciprocidade, gatilho mentais

E não morreu mesmo.

Toda vez que alguém fala que o email não funciona, que tudo é SPAM, que é perda de tempo e etc, podemos ver que esse alguém não sabe utilizá-lo da forma correta.

(Não tem problema se você é esse alguém, hoje te ensinaremos como realmente montar um e-mail campeão.)

Mas, antes de tudo, precisamos entender o motivo por que as pessoas falam que o e-mail marketing morreu.

Comecemos com uma pergunta simples: quantos emails você recebe por dia?

Ok, segure essa resposta aí.

Agora, quantos e-mails marketing você recebe por dia?

Provavelmente muitos, certo?

Não!

Em grande maioria, você recebe SPAMS e e-mails puramente de propaganda, jogados em uma lista de milhares de pessoas e enviados sem critério algum para todos, inclusive você.

Não há conteúdo neles.

Não há segmentação, critério ou comunicação atrativa.

É o exemplo que demos lá em cima: o e-mail do compre, compre, compre, compre.

Desses você se esquiva, certo?

Mas o que precisa ficar claro aqui é: esses e-mails que você recebe não são emails marketing.

São SPAMS!

Esses envios desnecessários tornaram a palavra “email” algo negativo, enquanto ela não é.

Ok, vamos aprofundar um pouco mais esse assunto.

Acho que já falamos muito sobre o que NÃO É o email marketing.

Falemos agora sobre o que ele realmente é.

O que é email marketing?

Uma das comunicações mais antigas na era da tecnologia é o e-mail.

Utilizamos ele inicialmente para nos comunicarmos com nós mesmoes, evoluindo para a comunicação entre empresas e consumidores.

Por isso, existem diversos tipos de e-mail.

Foquemos no e-mail marketing e suas possibilidades.

Alguns exemplos da utilidade desse tipo de e-mail são:

  • Geração de informações sobre produtos e serviços;
  • Criação de conteúdos sobre promoções, ofertas e etc (newsletters);
  • Confirmações de compras ou outras confirmações gerais;
  • Comunicação entre marca e consumidor.

Claro que no início, anos atrás, o e-mail marketing era utilizado apenas como uma versão digital para a divulgação de propagandas. 

(Daí o nome “mala direta”)

Essencialmente, ele era visto como um canal de comunicação em massa.

Por isso que essa confusão toda se instaurou, e existiu essa “demonização” do e-mail marketing, enquanto o SPAM que deveria ter sido mal-visto.

O que as pessoas não vêm é que o problema não está na ferramenta em si (e-mail), e sim em como ela é utilizada (envio).

Porque utilizar email marketing e como fazer isso corretamente

email marketing, estratégia

Enviar um e-mail pode ser uma ação estratégica que ajudará muito a sua empresa!

A-há.

Chegamos na parte que eu mais gosto.

Os motivos para se utilizar um e-mail marketing, e como fazer isso corretamente.

(Leia-se em caixa alta aqui: CORRETA-MENTE)

Se você acha que utilizar essa ferramenta é só sobre divulgar os seus produtos para todo mundo, está completamente errado.

A ideia do email marketing é muito maior que essa.

Vejamos abaixo 3 motivos essenciais:

1 – Todo mundo usa, porém é uma ferramenta pessoal:

Se você utiliza a internet provavelmente tem uma conta de e-mail.

É tão simples quanto isso.

Estudos demonstram que existem mais de 3 bilhões de contas de e-mails no mundo.

Como temos em torno de 7 bilhões de pessoas no planeta, pode-se dizer que temos um pouco menos do que a metade de e-mails, comparados à pessoas.

De qualquer forma, esses dados deixam claro que todo mundo os usa.

Mas, não é só por que todo mundo usa que o email é uma ferramenta de massa e acaba aí.

É possível personalizar a comunicação ao entrar em contato com a pessoa desejada.

As mensagens são direcionadas para ela, de uma forma personalizada e prática.

Só isso já é um ótimo ganho na hora de ofertar um produto para um cliente novo, ou tentar alguma ação de relacionamento.

2 – Uma comunicação clara e sem interrupções:

Esqueça os spams padrões, quando falamos em e-mail marketing com conteúdo de valor você tem uma arma poderosa na mão: a atenção do usuário.

Quando alguém clica em um (bom) e-mail, essa pessoa foca a atenção dela ali.

Ganhar esses minutos (ou segundos) da atenção do seu cliente/prospect é ótimo para te ajudar nas vendas do dia a dia.

3 – Você pode mensurar quem recebeu, abrir e clicou no seu e-mail

Chegamos à era das análises, dos dados e da tecnologia.

Os vendedores que quiserem utilizar ferramentas de e-mail marketing robustas, poderão contar com opções com inúmeras funcionalidades positivas.

Funcionalidades, como: conseguir ver quem recebeu, abriu ou clicou no e-mail que você enviou..

Isso facilita e agiliza o processo de vendas, fazendo com que a vida do vendedor seja muito mais prática.

Por exemplo: imagine que você enviou um email sobre uma proposta para um cliente.

Você conseguirá ver se ele abriu e se clicou em todos os seus links.

Isso te dará abertura para fazer um follow-up qualificado, baseado nas próprias ações do cliente.

Não parece incrível?

E é!

Qual o papel do email marketing na sua estratégia de vendas?

Como dito antes, se você pensa que o e-mail marketing se trata puramente de vender, está errado.

Existem dezenas de outras utilidades para ele.

Vamos apontar 2 abaixo:

1 – Promoção de conteúdo:

Se você vende qualquer coisa, sabe que o seu cliente sempre gostará de saber um pouco mais sobre o seu produto.

É um comportamento natural, e sempre existirão perguntas a serem feitas a respeito do que você vende.

Você pode usar o e-mail marketing para a promoção desses produtos e serviços.

Você fará isso pelo conteúdo.

Quando falamos em conteúdo, estamos falando em conteúdos atrativos, inteligentes, interessantes e que façam o seu cliente realmente ver valor naquela informação entregue.

Não se trata de um e-mail “descubra as 10 funcionalidades do cortador de cabelo que eu vendo”, e sim de algo mais para “tipos de cabelo – descubra qual é o seu e qual é o melhor cortador para ele.

A ideia aqui é entregar informação, não fechar vendas na hora.

A ideia de um newsletter semanal com conteúdo também pode ajudar muito na sua estratégia de vendas.

2 – Engajamento e Conexão:

Muitas empresas focam em vender, e se esquecem de relacionar-se com o cliente.

Isso é um ledo engano.

O cliente precisa se sentir engajado e conectado com a marca, de outra forma ele nunca vai confiar 100% no que vocês vendem e no seu posicionamento.

Uma ótima alternativa para o e-mail marketing é focar no engajamento e no relacionamento.

Gere informações que façam sempre os seus prospects/leads e clientes se lembrarem de você.

Ofereça informação, conteúdo.

Ofereça conexão.

Com certeza eles se sentirão mais a vontade na hora de comprar, se forem engajados anteriormente.

3 – Claro, a venda:

É óbvio que o e-mail serve para vender também.

Se o seu cliente já está engajado o suficiente, é hora de vender para ele e o e-mail marketing pode ser uma ótima forma de ofertar seus produtos.

Veja bem: a diferença do SPAM para o e-mail marketing de vendas é a permissão.

Com o SPAM você oferece tudo que pode, para qualquer pessoa.

No e-mail marketing de vendas, você tem a permissão do lead para entrar na seara das vendas, uma vez que ele já engajou com a sua marca anteriormente.

A diferença é sutil, mas cuidado para confundi-la e virar um spammer.

Tipos de email marketing que você pode utilizar

email marketing, tipos
Existem diversos tipos de e-mail marketing. Entenda quais funcionam melhor para a sua empresa!

Existem alguns tipos específicos de e-mails a serem lançados para os seus clientes.

Vejamos abaixo alguns deles:

1 – E-mails com Newsletter – É uma forma de e-mail marketing informativa, que reúne informações e conteúdos interessantes sobre novidades que interessem para o cliente.

Funciona como força de aproximação, e não força o cliente a gostar de você.

Se o conteúdo for bom, ele naturalmente irá gostar e continuar abrindo o que você envia.

2 – E-mails de transações – Foi o que falamos acima: confirmação de trocas, de compras, de horários, de agendamentos e etc.

O e-mail de transação é exatamente o que nome diz: um e-mail confirme, garante e auxilia à alguma transação específica.

Pode ser um e-mail de agradecimento pós-venda ou de atenção a uma compra não finalizada. As opções são infinitas, e feitas da forma correta tem tudo para te ajudar no dia a dia

3 – Emails com convites – Esse tipo de e-mail todo mundo ama receber.

São aqueles e-mails que convidam o cliente para algum evento (online ou ao vivo).

Você pode utilizar esse tipo de e-mail marketing na hora de divulgar algum seminário, workshop ou etc.

É uma ótima forma de agilizar as confirmações.

Como construir uma lista de emails para mandar email marketing

1 – Analise a sua lista de clientes e colete seus e-mails:

Você provavelmente tem uma lista de clientes da sua loja/marca, certo?

Você pode começar criando uma lista de clientes específicos, e coletando os seus e-mails para pequenos envios.

Ainda não é o momento de utilizar o e-mail marketing em toda a sua performance.

Comece devagar.

Apenas criando perfis com nome, idade, e-mail, produto/serviço comprado e data de aniversário.

Essas pequenas ações vão se tornar muito valiosas nos próximos passos.

2 – Segmente-os por preferência

Agora que você já tem certos dados coletados, é hora de segmentá-los por preferências específicas.

Essas preferências podem ser:

  • sexo (M/F)
  • idade (25-35 / 35 – 50)
  • produto ou serviço comprado e etc

A importância da segmentação é fazer com que você tenha uma mensagem direcionada especificamente para o público desejado.

Dessa forma você evita os ruídos e mensagens indesejadas!

3 – Crie conteúdo especializado para cada um dos segmentos

Agora que você já tem um público definido e segmentado, é hora de criar conteúdo.

A criação do conteúdo precisa ser planejada antes.

Você precisa pensar o que vai mandar, para quem vai mandar e de que forma vai mandar.

Ter tudo isso bem definido fará com que você planeje e execute os envios dos seus e-mails de uma forma prática e inteligente, sempre entregando valor para os seus clientes.

Os conteúdos podem ser:

  • Posts, Infográficos, Whitepapers, Newsletters e etc

A ideia aqui é gerar conteúdos que sejam atrativos e engajem com o consumidor.

Como medir o sucesso das suas campanhas de email marketing

vocêvendedor.com_.br

Se você quiser saber se a sua campanha de e-mail marketing deu certo ou não, basta apenas uma coisa: olhar os indicadores.

É necessário saber quais indicadores olhar.

Claro que a taxa de clique dos seus e-mails diz muito sobre o que você está fazendo, mas existem outras taxas que estão correlatas com indicadores de sucesso e fracasso.

Vejamos:

Taxa de abertura alta – Você está gerando bons títulos, e isso faz com que as pessoas abram seus e-mails.
Taxa de clique alta – Você está gerando bom conteúdo, e isso faz com que as pessoas cliquem em seus e-mails.
Taxa de Retorno Alta – Além de um bom conteúdo, as pessoas estão engajando com você. Isso faz com que elas falem mais com a sua marca.

Você pode ir seguindo esses 3 indicadores e vendo como eles performam.

Isso já vai te dar uma boa base para mudar ou seguir na sua estratégia atual.

Conclusão: Pronto para começar sua estratégia de email marketing?

email marketing, conclusao
Pronto para enviar e-mails MA-TA-DO-RES?

Espero que tenhamos desmitificado totalmente o email marketing e seus usos!

Agora, comece a utilizar essa ferramenta hoje mesmo!

Você só tem a ganhar com isso!


E-MAILS COMERCIAIS – Aprenda a montar textos ideais para as suas campanhas de venda!

O GUIA DO FECHAMENTO DE VENDAS – Fechar, fechar, fechar. Tudo que você precisa é só começar!


Se você nunca utilizou nenhuma técnica ou ferramenta de e-mail marketing, comece devagar.

Vá testando e vendo o que dá certo para você, utilize nossas dicas para te guiar sempre que tiver uma dúvida.

Depois volte aqui e nos conte como foi o seu resultado.

Se tiver ficado com qualquer dúvida, ou caso tenha alguma sugestão sobre o assunto, deixe nos comentários abaixo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *