Posted in:

Gerações e comportamento de consumo

Saiba como compreender as diferentes gerações existentes

Gerações_e_consumo (6)
Rate this post

Não é novidade que os consumidores estão cada vez mais contestadores e exigentes. Além disso, eles estão possuindo uma voz mais ativa quando diz respeito às suas compras, seja em relação às marcas, produtos ou serviços.

Tudo isso se dá devido ao forte desenvolvimento das tecnologias nos últimos tempos. Diante desse cenário, muitas empresas foram desafiadas a categorizar serviços e produtos, não só de acordo com seus segmentos de atuação, mas também voltados para atender as novas gerações de consumidores.

O direcionamento do consumo voltado para diferentes tipos de gerações já é uma tendência em diversas organizações. Entre as gerações destacam-se: Baby Boomers, geração X, Y ou millennials, e geração Z. Você já ouviu falar em alguma delas? Cada geração possui diferentes opiniões, gostos, hábitos, motivações, comportamentos de consumo, cabe às companhias se prepararem para se comunicar de forma adequada, e desenvolver valores que atendam as diferentes gerações.

É importante que a empresa entenda a essência de cada geração, e não estereotipe os consumidores. Por exemplo, um idoso pode ser adepto, ou não, às plataformas digitais. Além disto, as empresas que pretendem oferecer produtos e serviços para várias gerações, deverão ter como estratégia o desenvolvimento de equipes que representem as diversidades de cada geração.

Compreender cada uma dessas gerações irá tornar o seu negócio mais equilibrado e alinhado, pois, haverá uma relação direta entre a cultura organizacional da empresa e o relacionamento com o cliente.

Essas iniciativas visam aprimorar e capacitar os profissionais, diminuir o gap geracional e desenvolver uma cultura organizacional consistente. Este artigo irá contextualizar as gerações de consumo existentes, e ajudará você a identificar as abordagens de vendas para cada uma delas.

Abaixo, seguem as gerações que serão analisadas:

  • Baby Boomers;
  • Geração X;
  • Geração Y ou Millennials;
  • Geração Z.

Sobre a geração Baby Boomers

Gerações_e_consumo (4)

A geração nascida entre os anos de 1945 e 1960 é denominada de Baby Boomers, que traduzida chama-se ‘explosão de bebês’. Esta geração surgiu após a segunda Guerra Mundial, quando os homens designados a lutarem na guerra retornaram às suas residências. Neste período houve um crescimento da população, surgindo assim, os baby boomers.

E quem são os Baby Boomers? São pessoas que vivenciaram a juventude nas décadas de 60 de 70 e viram de perto as grandes mudanças daquela época. De acordo com pesquisadores, essa geração surgiu da necessidade dos soldados da guerra em preservarem a sua espécie.

A geração Baby Boomers ficou marcada por serem pessoas que pregavam por uma vida estável proveniente de um emprego fixo. Estas pessoas geralmente iniciavam suas carreiras em uma organização e ficavam lá até a aposentadoria. Não deslumbravam grandes desafios, novos cargos, e nem mesmo experiências diferentes.

Analisando esta geração, pode-se dizer que muitos pais e avós vivenciaram ela e que o mais importante para eles era serem reconhecidos por suas experiências do que por inovações, que são características das recentes gerações. Mas nem por isso eles podem ser considerados pessoas acomodadas, afinal a geração Baby Boomers faz parte de uma época onde não se tinha um mercado corporativo tão concorrido, a economia era outra e as possibilidades de trabalho não eram tão diversas como agora. Portanto, a estabilidade na carreira era tida como a principal meta dessas pessoas.

Sobre a geração Geração X

gerações_e_consumo_05

As pessoas da geração X são reconhecidas como os filhos da geração Baby Boomers. Essa galera nasceu entre os anos de 1960 e 1980, logo após a Segunda Guerra Mundial. Essa geração nasceu através da estudiosa Jane Deverson que passou a denominar como ‘X’ os indivíduos dessa era, considerados rebeldes para aquela época.

Os comportamentos estudados por Jane apontavam que os adolescentes da Geração X não possuíam crença ou religião e costumavam praticar sexo antes do casamento. Por serem herdeiros de uma geração conservadora, foram muito criticados durante esse período.

Até hoje não se sabe afirmar se a sigla ‘X’ se refere à expressão em inglês “X rated”, denominada por conceitos pornográficos, ou se a referência é em relação a matemática, que quer dizer um enigma a ser desvendado.

Um dos diferenciais desta geração é o fato de terem vivenciado uma época histórica de transição. Quem nasceu nesta era tem duas visões sobre o mundo: antes e após a chegada da internet. Outro marco vivenciado pela Geração X, além da era tecnológica, foram os progressos sociais, como o aumento e valorização da mãe solteira, a liberdade da diversidade sexual, surgimento de novos padrões familiares e a conscientização ecológica.

De acordo com os estudiosos, a Geração X é reconhecida por indivíduos satisfeitos com seus formatos de vida. Apreciam a estabilidade na carreira e são movidos pela hierarquia social. São considerados uma geração emocionalmente tranquila e ativa. Atualmente, os filhos da Geração X são os mais adeptos às redes sociais.

Já as mulheres desta geração formam a primeira leva que ingressou no ambiente corporativo, além dos homens terem começado a aprender trabalhos domésticos com suas esposas.

Entre as principais características da Geração X estão:

  • Privam por convivência em grupo;
  • São responsáveis e inteligentes, costumam possuir decisões estratégicas;
  • Não são favoráveis às gerações anteriores;
  • Lutam por seus direitos e opiniões;
  • Se preocupam com as gerações futuras e como podem colaborar com elas;
  • São a favor da liberdade.

Esta geração é responsável por impulsionar a competição de consumo através de suas necessidades, por adquirir produtos e serviços cada vez melhores e confortáveis. As pessoas dessa época são voltadas para os estudos, a maioria possui formação universitária e têm boa colocação no mercado de trabalho. A Geração X faz valer suas opiniões de forma crítica e inteligente.

Sobre a Geração Y ou Millennials

Gerações_e_consumo (1)

A geração Y são os chamados ‘Millennials’, aqueles que viram de perto o boom da tecnologia e da internet nos anos de 1990. Foram os primeiros a nascerem em um mundo completamente globalizado.

Além dos avanços tecnológicos, a Geração Y vivenciou outros momentos históricos, como o crescimento da economia de diversos países, hoje considerados potências mundiais. Entre outros benefícios desta geração destacam-se: a utilização da TV a cabo, games, computadores, celulares, entre outras tecnologias jamais vistas anteriormente.

Os jovens dessa geração, devido ao constante contato com meios tecnológicos, são considerados mais rebeldes, superficiais, têm dificuldades de receberem críticas, ou até mesmo de serem liderados. Por outro lado, possuem ambição e costumam frequentemente mudar de emprego em busca de novos desafios.  

Muitas empresas tiveram que se adaptar a esta geração ‘Millennials’. Para isso, as organizações buscam cada vez mais saber por qual produto esta geração se atrai e está interessada, como eles querem ser atendidos, e o que estão buscando. A Geração Y é considerada exigente, antenada em novas tecnologias e em produtos inovadores.

Esta geração também é conhecida como a que mais se preocupa com questões relacionadas ao meio ambiente, uma vez querem transformar o mundo em um lugar melhor para seus filhos.

Algumas características dessa geração são:

  • Estão sempre conectados à internet;
  • São imediatistas e valorizam a objetividade;
  • Querem sempre novos desafios e novas oportunidades profissionais;
  • São formadores de opinião e prezam por formação acadêmica;
  • Só trabalham com o que realmente gostam;
  • Estão sempre em busca de inovações;
  • São preocupados com o meio ambiente;
  • São ousados;
  • Fazem mil coisas ao mesmo tempo, sendo considerados uma geração multitarefas.

Sobre a Geração Z

Gerações_e_consumo (2)

A Geração Z compreende indivíduos nascidos a partir de 1995, sendo os primeiros a serem criados na era digital e que nunca visualizaram o mundo sem a tecnologia, portanto, não sabem diferenciar a vida online da off-line.

São movidos ao ‘agora’ e a liberdade. Além de serem dinâmicos, são indiscutíveis e muitas vezes autodidatas. Não são adeptos às novas hierarquias e costumam ingressar no mercado de trabalho bastante confiantes e seguros de si. Esses jovens têm feito muitas empresas se adaptarem à novas metodologias para retê-los.

A Geração Z enxerga o mundo de forma diferente das demais gerações, pois a maneira como lidam com o tempo é outra, eles vivenciam o online e não conseguem se imaginar sem internet, smartphones, televisores e tudo que não seja novo ou em alta resolução.

A convivência social reduzida é uma característica muito comum nos jovens desta geração. Pois devido aos grandes avanços tecnológicos, muitos deixaram de valorizar momentos e valores sociais, para viverem o digital. Essa tendência tem começado desde cedo, já que se tornou normal encontrar crianças com tablets e smartphones.

Especialistas têm alertado que a Geração Z também pode ser considerada como a Geração Silenciosa, já que passam a maior parte do tempo com fones de ouvido e interagindo com diversas tecnologias ao mesmo tempo.

As principais características dessa geração são:

  • Não se limitam a barreiras geográficas;
  • São exagerados e ansiosos;
  • Possuem dificuldade em relacionar-se socialmente;
  • São ligados a movimentos sociais;
  • Expressam suas opiniões o tempo todo.

A Abordagem de venda para cada geração

Gerações_e_consumo (3)

Entre as diversas gerações existentes, cada uma possui suas características e estereótipos. Por exemplo, a geração baby boomers foi moldada de acordo com elementos difundidos após a guerra. Já Geração X pelo capitalismo. E o que dizer da geração Y e Z que foram formadas a partir de conceitos tecnológicos?

Todas elas possuem influências significativas, quando se diz respeito a abordagem de vendas e ao seu poder de compras. Para cada geração, existem estratégias que as empresas devem conhecer, desenvolver e praticar para alcançar resultados positivos de acordo com o perfil dessas gerações.

Confira abaixo como essas diferentes gerações são influenciadas pelo consumo:

  • Baby Boomers

Essa geração é voltada para a qualidade de vida e prioriza analisar as experiências que viveu para decidir seu futuro. São pessoas que não são influenciadas facilmente e não costumam enxergar os preços para adquirir algo que tanto deseja. São maduros e firmes em suas decisões de compras, e não possuem paciência para serviços que não ofereçam qualidade.

Por possuírem mais de sessenta anos, muitos já se encontram na categoria de idosos, porém não se sentem neste estágio de vida, pois ainda viajam, frequentam bons restaurantes e possuem uma boa cultura social. Os baby boomers querem comprar menos e viver mais!

  • Geração X

É a geração da opinião, que consome e paga a conta. De acordo com especialista, a Geração X, que é formada por indivíduos com mais de 38 anos, é considerada uma das que mais consomem. São indivíduos ligados aos meios digitais e com poder maior de compra. Preferem anúncios objetivos, focados nas características dos produtos e são extremamente preocupados com a sua racionalidade. Esse grupo está mais interessado no produto, do que nos ideais e causas que uma marca defende.

Se interessam por produtos diferenciados e sabem apontar o que é verdade, do que é excesso, nos produtos e serviços que lhe são oferecidos.

Um dos pontos chaves dessa geração é sua ligação à proteção familiar e aos produtos relacionados a modernidade e prazer. Gostam de gastar com algo que lhes satisfaçam.

  • Geração Y ou Millennials

Não são apegados às marcas e estão preocupados com os resultados que suas compras irão lhe proporcionar.

Ao contrário do comportamento adotado no consumo de roupas, a Geração Y mostra maior preocupação na hora de adquirir eletroeletrônicos. Em relação ao atendimento, a demora é a principal reclamação desses jovens. É uma geração que prioriza profissionais capacitados, com boa vontade, eficientes, atenciosos, simpáticos, proativos e com raciocínio rápido.

  • Geração Z

Esta geração é movida pelo desapego, compartilham artigos que não usam mais, mas também priorizam a exclusividade. Não se importam de vestir roupas que um dia foram de outra pessoa, ao invés de comprarem peças totalmente novas. Buscam a co-criação de produtos, a possibilidade de fazer a diferença junto com as marcas e produzir produtos melhores.

Gostou deste artigo?

Continue aprendendo com esses outros artigos do nosso blog:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *